Apaga-se uma luz da dignidade: morre Waldir Pires

O ex-governador da Bahia, Waldir Pires, morreu na manhã desta sexta-feira (22), no Hospital da Bahia em Salvador, após parada cardiorrespiratória. Pires tinha 91 anos.
O político, que era filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), deu entrada na unidade na noite quinta-feira (21), com quadro de pneumonia. Conforme a assessoria do hospital, ele não respondeu às manobras de reanimação e veio a óbito.
Baiano, Waldir Pires nasceu na cidade de Acajutiba. Ele era formado em Direito e liderou o Movimento Antinazista.
Além de governador (1987-1989), Pires foi ministro da Previdência Social (1985-1986), deputado federal (1990-1994/1999-2003) e vereador (2013-2016).
No ano de 2008, Pires foi condecorado com o título de Cidadão Benemérito da Liberdade e da Justiça Social João Mangabeira, que é concedido a brasileiros dedicados às causas nobres, humanas e sociais.
A biografia do político, escrita por Emiliano José, foi lançada no dia 14 de junho, em Salvador. (Informações G1 e agências).

Comentários

Ir ao topo da página