Mesmo com 56,1% de indefinidos, Rui lidera. Veja os cenários

Mesmo no cenário de pesquisa espontânea, onde 56,1% dos eleitores disseram não saber ainda em quem votar, o governador Rui Costa (PT) lidera a disputa na Bahia em 2018. O levantamento foi realizado entre os dias 24 e 30 de abril, logo após a desistência do prefeito de Salvador ACM Neto de concorrer ao Governo do Estado.

No primeiro questionamento, quando o entrevistador não apresentou nenhum nome aos 1.120 eleitores que participaram da pesquisa, o petista foi mencionado por 19%, quase seis vezes mais do que o segundo maior percentual dessa questão, ACM Neto.
O outro nome com percentual expressivo é o do ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, avaliado como principal nome das oposições para participar da disputa eleitoral de 2018. O democrata apareceu como opção para 1,4% dos eleitores.

O desencanto com a política foi observado nesse cenário: 19,1% afirmaram que não votariam em ninguém. Como espaço para crescimento dos candidatos, todavia, 56,1% dos eleitores disseram não saber ainda em quem votar.

O primeiro cenário estimulado trouxe os nomes de Rui Costa, José Ronaldo, Lídice da Mata, João Henrique (PRTB), Marcos Mendes (PSOL) e João Gualberto. O governador também seria reeleito, de acordo com a pesquisa, por 47,9% dos entrevistados. Em segundo lugar, aparece o ex-prefeito de Feira de Santana, com 6,5% – a pesquisa foi realizada antes do anúncio de que DEM e PSDB marchariam unidos no pleito de outubro.
Já a senadora Lídice da Mata, que se apresenta como candidata à reeleição na Câmara Alta, receberia votos de 4,9% dos eleitores. Considerando a margem de erro, João Henrique (1,7%), Marcos Mendes (0,7%) e João Gualberto (0,5%) estariam empatados tecnicamente. Nesse cenário, 15% disseram ainda não saber em quem votar e 22,7% afirmaram não votar em nenhum dos nomes citados.

O segundo cenário excluiu o nome de Lídice da Mata e de João Henrique e manteve os outros quatro políticos, Rui Costa, José Ronaldo, Marcos Mendes e João Gualberto. Com esses postulantes, Rui Costa aparece com 51% das intenções de voto, enquanto José Ronaldo é opção para 6,8%. Marcos Mendes e João Gualberto empatam numericamente, sendo citados por 0,8% dos pesquisados. Não souberam em quem votar 15,8% e 24,8% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos citados.

Por último, a pesquisa P&A/ Bahia Notícias testou ainda um embate direto entre Rui Costa e José Ronaldo, o equivalente a um segundo turno entre os dois candidatos com melhor pontuação nas pesquisas. Nesse caso, o petista seria opção para 50,8% e o democrata receberia votos de 7,1% dos eleitores. O número de pessoas que afirmaram não votar em nenhum dos dois foi o maior dos cenários estimulados: 26%. Já 16,2% não souberam responder.

O levantamento ouviu 1.120 eleitores entre os dias 24 e 30 de abril e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob nº BA-04607/2018. Possui margem de erro de 3% para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95,5%.

Comentários

Ir ao topo da página