Sobrou pra Lídice: chapa governista é Rui, Leão, Wagner e Coronel.  Só falta o anúncio oficial

Foto: reprodução.

Apesar da reação da senadora Lídice da Mata, exigindo seu lugar na chapa ao Senado, nos círculos governistas dá-se como líquido e certo que a chapa de Rui Costa para encarar as urnas de outubro está pronta, só falta o anúncio oficial. Sem surpresas: é Rui governador, João Leão vice, Jaques Wagner e Angelo Coronel para o Senado.

Quem garante essa composição é o experiente jornalista Levi Vasconcelos, colunista político do jornal A Tarde e diretor de jornalismo do portal bahia.ba. Até as convenções partidárias, em junho, Rui pretende reunir o Conselho Político da sua base duas vezes, uma para um encontro informal, outra para destrinchar programa de governo e afins, além de anunciar a chapa.

Não entregou os pontos

A senadora Lídice da Mata (PSB) e seus aliados ainda não entregaram os pontos. Argumentam que a chapa carece de uma tinta mais à esquerda, com a vantagem da pretendente principal, ser mulher, mas entre os governistas se diz que a esquerda já está contemplada com a presença do próprio Rui, além de Wagner.

Todos dizem que Lídice merece respeito do grupo, mas esbarra numa questão elementar: falta de vagas. Se sobrar, ela é a preferencial.

Já entre os deputados, avalia-se que a saída de ACM Neto do processo a linha de corte (votação mínima) para eleger um deputado estadual caiu, na banda governista, de 46 mil para 36 mil votos. Como diz o deputado Nelson Leal (PP):

— Neto deu 10 mil votos de presente a cada deputado.

Cada um por si

Isso porque, com a saída de Neto, a revoada de prefeitos da oposição para o governo é grande. E em eleição de deputado prefeito é fundamental. É o que mede o prestígio deles.

Comentários

Ir ao topo da página