Universidade para Todos lança edital com 16.400 vagas

Atenção secundaristas. O Programa Universidade Para Todos vai beneficiar 16.400 vestibulandos em toda a Bahia. O edital foi lançado neste sábado, 27, pela Secretaria Estadual de Educação. As aulas acontecem em 228 localidade da Bahia e também na capital.

A ação é desenvolvida em parceria com as universidades estaduais Uneb, Uefs, Uesb e Uesc. As inscrições serão realizadas de 1º a 8 de junho, exclusivamente, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

O secretário de educação do Estado, Walter Pinheiro, explicou que a iniciativa oportuniza a preparação dos estudantes para o ingresso no ensino superior e por isso, podem participar quem já concluiu o ensino médio em redes públicas estadual e municipal, os estudantes do 3º ano do ensino médio, ou 4º ano da educação profissional.

Edital com 16.400 vagas
Secundaristas ( Foto: Reprodução )

Todos estes estudantes precisam ter concluído o ensino fundamental II (5ª à 8ª séries, atual 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes), e a 1ª e 2ª séries do ensino médio regular ou modalidades correspondentes nas redes estadual ou municipal no Estado da Bahia.

O processo seletivo leva em consideração as medias de português e matemática, lançadas pelo próprio candidato no ato da inscrição e conferidas no momento da matrícula, que vai ser realizada entre os dias 3 e 7 de julho, no lugar em que o aluno escolheu assistir as aulas.

Para se matricular, tem que apresentar cópia e original do CPF, RG, comprovante de residência, além do Histórico Escolar do Ensino Médio e do Ensino Fundamental II. As aulas começam no dia 3 de julho e vão até dezembro de 2017.

As aulas são regulares, de segunda a sexta-feira, com disciplina de Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia, além de atividades complementares como seminários, oficinas, revisão para o Enem, aulões, simulados e orientação vocacional.

O curso oferece, ainda, material didático, fardamento e isenção da taxa de inscrição em processo seletivo das universidades estaduais aos alunos que apresentarem frequência igual ou superior a 75% das aulas ministradas.

Comentários

Ir ao topo da página