Um estatístico para o BNDES no lugar da economista que se foi

Costuma ser assim, a política balança, a economia padece. O último estremecimento da política econômica se deu com o pedido de demissão da presidente do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Maria Silvia, na sexta-feira, 26. O cargo já foi preenchido.

Paulo Rabello
Paulo Rabello (Foto: Reprodução)

A ex-presidente alegou questões pessoais para deixar o posto. Pois bem, para não deixar cadeira vazia, o presidente Michel Temer convidou o presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) Paulo Rabello de Castro, para assumir o comando do Banco.

O intervalo foi de apenas 5 horas entre a saída da economista e a confirmação do nome do estatístico. Ainda não há uma informação oficial sobre quem ficará no IBGE. O que se sabe, é que a posse do novo comandante do BNDES deve ser entre o dia 29 de maio e 02 de junho.

Maria Silvia estava no cargo desde maio do ano passado. Recentemente, o nome do Banco foi citado várias vezes na imprensa, remexendo casos investigados pela Polícia Federal, que envolviam os irmãos Batista, empresários da JBS Friboi, integrante do grupo J&S, e suspeitas de facilitação de empréstimos bilionários do BNDES favorecendo os magnatas.

Comentários

Ir ao topo da página