Em Teixeira, quem vota com quem este ano?

A disputa pelo governo do estado na Bahia deverá ficar entre o atual governador, Rui Costa e o prefeito de Salvador ACM Neto. Rui Costa tem usado o peso da máquina do estado e já está em plena campanha. Neto, que só confirma sua candidatura em abril, tem se limitado a suas ações dentro de Salvador, onde tem sido considerado o melhor prefeito do Brasil. Pesquisas recentes mostram que a diferença entre ACM Neto e Rui Costa vem diminuindo. A provável saída de Lula da disputa eleitoral deverá ter reflexo na candidatura de Rui Costa.

Em Teixeira de Freitas a grande questão é saber como ficarão as lideranças locais. É provável que estarão no mesmo palanque o prefeito Temóteo Brito, que deve acompanhar a orientação do seu partido (PSD); o ex-prefeito João Bosco (PT), que deverá ser candidato a deputado estadual e o ex-deputado federal Uldurico Pinto, que historicamente nunca apoiou o carlismo. No palanque de ACM Neto deverão estar os outros dois ex-candidatos a prefeito que tiveram boa pontuação no resultado da última eleição, disputando uma vaga a deputado

Na última eleição para deputado em 2014 ficou claro que o eleitor de Teixeira resiste em votar em candidatos de fora, além disso nas pesquisas recentes os nomes que aparecem de forma espontânea são os pré-candidatos da terra. Para deputado federal aparecem os nomes de Uldurico Junior e Caio Checon. Como deputado estadual aparecem os nomes de João Bosco, Marta Helena, Lucas Bocão e Agnaldo da Saúde.

Alguns deles navegam num mar de incertezas. Caio Checon vê muita dificuldade em levar à frente sua candidatura, enquanto isso, Uldurico Junior, bem no estilo aguerrido da família, já está em campanha para reeleição.  A candidatura de João Bosco depende da aprovação das suas contas pela Câmara de Vereadores.  Agnaldo ainda não está definiu, depende do grupo liderado pelo prefeito Temóteo Brito. Já a líder do PSDB no município, Marta Helena, só depende da confirmação da candidatura de ACM Neto ao Governo do Estado.

Na última campanha de deputado apenas Uldurico Junior foi eleito representante da região para o congresso nacional e Teixeira perdeu seu representante na assembleia legislativa que era Temóteo Brito. O deputado que ficou com os cargos do estado em Teixeira foi Robinho de Nova Viçosa, o eleito mais votado em Teixeira.

Teixeira, por ser o maior colégio eleitoral do extremo sul e, por isso mesmo, sua capital, não pode deixar de eleger seus representantes tanto em nível federal como estadual. Isso porque, estes representantes, podem alocar recursos ajudando no seu desenvolvimento. Para que isso aconteça é importante que se vote nos candidatos da terra reforçando o voto distrital.

Comentários

A corrupção será o tema da próxima eleição

Pesquisa recente do Ibope aponta que o problema que mais preocupa o brasileiro hoje é a corrupção, seguido da saúde e da violência. Portanto, é previsível que o combate à corrupção irá avançar e terá forte influência no resultado das próximas eleições em todos os níveis. Além da corrupção, a crise econômica e política será pauta também das discussões, porque vai influenciar no nível de emprego. O País está saindo da crise financeira e o PIB pode crescer até 3%. O desemprego, um dos piores problemas, vai melhorar, mas, devagar. O número de brasileiros procurando emprego ainda será muito alto, e a violência está ligada ao desemprego e ao tráfego de drogas e a saída está nas medidas preventivas.

É com tanta incerteza na política que a economia poderá voltar a oscilar – ainda que num quadro melhor do que nos dois anos anteriores. O resultado da eleição vai determinar justamente a continuação do crescimento, mas, como em 1989, ainda há um grau altíssimo de incerteza. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou a intenção de concorrer, e está na frente em todas as pesquisas pré-eleitorais, porém, poderá ser enquadrado na lei da ficha limpa, caso seja condenado em segunda instância na quara-feira.

Se Lula for condenado, não existe ainda favorito para disputar a cadeira de Presidente da República, e o resultado do julgamento vai influenciar o resultado das eleições em todos os níveis. Na Bahia, por exemplo, o governador Rui Costa será duramente atacado pelos adversários como aliado de Lula, mesmo ele tendo descolado sua imagem do PT. Do outro lado, ACM Neto também não terá vida fácil como aliado de Geddel, que, hoje, está preso e, dificilmente, se livrará da prisão, porque a imagem das malas cheias de dinheiro sem origem é muito forte e está na cabeça dos brasileiros.

CURTAS E PICANTES

Pesquisa gera polêmica

A matéria escrita pela jornalista Katia Armini publicada no site Foco no Poder gerou polêmica nas redes sociais, nos meios políticos e foi duramente criticada pelo vice-prefeito Lucas Bocão, ao ponto dele partir para ataques pessoais a nossa pessoa. Segundo o vice-prefeito, a pesquisa teria sido manipulada com o objetivo de prejudica-lo. Na realidade o que irritou o vice-prefeito não foi só o fato da administração está aprovada pela maioria da população, foi também ele aparecer com um alto índice de rejeição, chega a 76% da população, o maior entre os políticos citados na pesquisa e apenas 17% votaria em quem ele indicar.

Candidaturas discutidas

Depois do julgamento de Lula no dia 24 de janeiro, as candidaturas em todos os níveis, com exceção de prefeito e vereadores, começarão a serem discutidas com maior intensidade e ganharão as ruas das cidades pelo país a fora. Para presidente ainda está meio nebuloso, depende do julgamento de Lula. Para governador na Bahia, os candidatos serão mesmo Rui Costa e ACM Neto, e será uma briga de cachorro grande. Para deputado em Teixeira, corre o risco da cidade, mais uma vez, ficar sem representação. O nome hoje com chance de ganhar é o cabo Alencar, devido a sua base de apoio que é a polícia militar da Bahia, além disso, é um nome leve e tem preparo para ser um deputado.

Proliferação das pesquisas

Chegando no ano político, as pesquisas começaram a ser proliferadas. Na nossa região, já temos conhecimento de pesquisas em praticamente todos os municípios. No final do ano afirmamos que o município mais bem avaliado da costa das baleias é o de Caravelas, e o que tem a pior aprovação é o de Nova Viçosa em que cerca de 80% rejeita a administração do prefeito Manoel Costa Almeida, seguido dos municípios do Prado, Alcobaça e Mucuri. Nem os festejos do final do ano ajudaram os prefeitos melhorar o seu desempenho. A última pesquisa que recebemos foi de Alcobaça, a situação está critica.

O asfalto continua

Em Teixeira de Freitas o plano ousado de asfaltamento do prefeito Temóteo Brito continua em ritmo acelerado. Depois de concluir o asfalto no bairro Teixeirinha e asfaltar bairros populares como Vila Caraipe e Vila Verde, o prefeito começou no primeiro dia útil do ano o asfaltamento do bairro Recanto do Lago, um bairro de classe média alta. Vários prefeitos se passaram, mas nenhum quis asfaltar o bairro, dizendo que era bairro de rico. Porém o prefeito tem dito que irá asfaltar a cidade como um todo, mesmo porque os bairros melhores é cartão de visita da cidade e os moradores pagam impostos e tem direito ao beneficio também.

Eleger prioridades

O prefeito Temóteo Brito conseguiu virar o jogo a partir do mês de setembro, quando partiu para governar elegendo as prioridades do povo, de acordo com as pesquisas que são: saúde, infraestrutura e geração de empregos, sem perder de vista a educação, a área social, limpeza urbana, coleta de lixos, patrolamento de ruas e estradas, iluminação pública. A saúde é a campeã das reclamações, pois 30% da população cobra melhorias, principalmente da saúde básica e o atendimento hospitalar. Mesmo entendendo que o prefeito está fazendo um esforço grande para melhorar e 55% da população acredita no prefeito.

Comentários

Ir ao topo da página