Ao saber da demissão da mulher, vereador acusa prefeito

Em plena Semana Santa o clima foi de tensão na Câmara Municipal de Eunápolis. É que o atual prefeito Fernando Baiôco (Podemos) exonerou a Secretária de Educação, Maurren Lacerda,  esposa do vereador Cherubino José (PRT). Irritado, ele resolveu tomar as dores da esposa na tribuna. O vereador fez denúncias contra o prefeito – empossado depois da Justiça afastar Robério Oliveira. Em sua fala, o vereador afirmou que Baiôco estaria usando licitações em seu próprio favor, inclusive na pasta da educação, “com compras de carteiras escolares”

O vereador denunciou, mas não apresentou as provas. Quanto ao caso das certeiras, ele contou que o prefeito teria acertado tudo com um empresário da cidade, para depois do pregão, haver repasse de porcentagens em cima do valor do contrato.

O prefeito, por sua vez, usou as redes sociais para emitir nota à imprensa, em que se defende e classifica a denúncia de falaciosa. Diz sequer existe uma licitação de carteiras em curso na Prefeitura, que está trabalhando “dentro da legalidade”.  Entre vereadores e populares, as opiniões se dividem. Há quem acredite na intenção e nas palavras de Cherubino, mas há quem diga que foi tudo fruto da emoção, da raiva pelo afastamento da agora ex-secretária.

Comentários

Ir ao topo da página