A ex-prefeita de Jucuruçu se deu mal e vai ter que devolver quase R$ 2 milhões

Eliana Perpétua Curvelo de Souza, ex-prefeita de Jucuruçu, vai que devolver, com recursos próprios, R$1.918.378,55 aos cofres municipais. A decisão é do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e foi tomada na sessão de quinta-feira, 25.

Jucuruçu
Jucuruçu ( Foto: Reprodução)

O TCM alega que Eliana não prestou contas das despesas de adiantamentos registradas no balanço patrimonial do município em 2004, em valores que ultrapassam R$ 1,8 milhão.

Outro problema apontado, é que, a então prefeita, não tomou nenhuma providência em relação ao furto contra a Prefeitura em que levaram mais de R$ 117 mil. Nada foi feito para que se descobrissem os culpados.

O conselheiro Plínio Carneiro Filho, relator do processo, também determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra a política, considerando a evidência de ato de improbidade administrativa.

O termo de ocorrência foi lavrado com a confirmação da rejeição das contas da Prefeitura de Jucuruçu referentes ao exercício de 2004. Ainda cabe recurso da decisão.

Comentários

Ir ao topo da página