Prefeita e vice de Jucuruçu são cassados - caixa 2

Foto: Reprodução Facebook.

A prefeita de Jucuruçu, Uberlândia Pereira (PSD), e seu vice Erley Fernandes (PSL) foram cassados, por prática de caixa 2 nas eleições de 2016, e devem ficar inelegíveis por oito anos, determinou o juiz Rodrigo Quadros de Carvalho, da 172ª Zona Eleitoral, de Itamaraju.
Em representação, o Ministério Público Eleitoral alegou que a dupla omitiu despesas e receitas e descumpriu o limite de gastos determinado pela legislação.
O magistrado entendeu que o acervo probatório foi suficiente para comprovar o caixa 2, além de despesas não declaradas à Justiça Eleitoral efetivadas na empresa Silva & Salomão Ltda.
“A omissão nos gastos com combustíveis, sobretudo na proporção encontrada nos autos, configura ilícito eleitoral apto a justificar o manuseio de representação eleitoral”, escreveu o juiz.
O magistrado também apontou a juntada de recibo eleitoral “inautêntico” e nota fiscal depois da eleição, apenas para “esquentar” a despesa efetuada.
*Conteúdo bahia.ba – Rodrigo Aguiar

Comentários

Ir ao topo da página