Estado Islâmico comemora nas redes sociais e reivindica atentado

Estado Islâmico comemora nas redes sociais e reivindica atentado
Estado Islâmico (Foto: Reprodução)

O grupo extremista Estado Islâmico (EI), foi para a internet comemorar e logo em seguida, em comunicado, reivindicou a autoria do atentado que deixou ao menos 22 mortos e 59 feridos nesta segunda-feira à noite na saída de um show da cantora Ariana Grande em Manchester, oeste da Inglaterra.

Os extremistas disseram que “um dos soldados do califado colocou uma bomba no meio da multidão” durante o show. O grupo também ameaça cometer outros ataques. O autor do atentado suicida pretendia provocar a maior carnificina possível com o ataque, afirmou a primeira-ministra britânica Theresa May.

A polícia também anunciou a detenção, relacionada à investigação do caso, de um homem de 23 anos na zona sul de Manchester.

“Sabemos que apenas um terrorista explodiu um artefato de fabricação caseira perto de uma das saídas do local, escolhendo deliberadamente o momento e o local para provocar uma carnificina máxima”, disse May em Downing Street. A pesar disso, a polícia quer saber se ele agia sozinho, ou era parte de um grupo.

O número de mortos pode aumentar, uma vez que alguns dos 59 feridos hospitalizados estão em estado grave. Entre os feridos, há 12 crianças com menos de 16 anos.

(Com informações de Isto É)

Comentários

Ir ao topo da página