PET
ECONOMIA

Ministério da Economia corta gastos e pretende economizar R$ 366 milhões

Apesar da redução no investimento, o ministério garante que serão preservados os serviços de fiscalização e arrecadação

23/08/2019 13h21
Por: Redação
Fonte: METRO1
Foto : José Cruz/Agência Brasil
Foto : José Cruz/Agência Brasil

O Ministério da Economia publicou ontem (22) uma portaria com medidas de racionalização de gastos e redução de despesas na pasta, em autarquias e fundações vinculadas. 

O objetivo é economizar R$ 366 milhões com a suspensão e a redução de despesas.

Apesar da redução no investimento, o ministério garante que serão preservados os serviços de fiscalização e arrecadação, além da folha de pagamento dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Estão suspensas novas contratações como serviços de consultoria; treinamento e capacitação de servidores; mão de obra terceirizada; aquisição de bens e mobiliário; obras; diárias e passagens internacionais; insumos e máquinas de café; e serviços de telefonia móvel e pacotes de dados.

O ministério determinou ainda a redução de contratos vigentes de locação de imóveis, de veículos e máquinas e equipamentos.

Por Juliana Almirante no dia 23 de Agosto de 2019 ⋅ 13:20

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.