Quinta, 19 de Maio de 2022
27°

Poucas nuvens

Teixeira de Freitas - BA

Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Pedro Vilela é o novo presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional

Antônio Augusto/Câmara dos Deputados É a segunda vez que Vilela ocupa a presidência do colegiado O deputado Pedro Vilela (PSDB-AL) foi eleito por...

27/04/2022 às 11h25
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
É a segunda vez que Vilela ocupa a presidência do colegiado - (Foto: Antônio Augusto/Câmara dos Deputados)
É a segunda vez que Vilela ocupa a presidência do colegiado - (Foto: Antônio Augusto/Câmara dos Deputados)

O deputado Pedro Vilela (PSDB-AL) foi eleito por unanimidade, com 27 votos, presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara. Ele substitui o deputado Aécio Neves (PSDB-MG) no cargo.

É a segunda vez que Vilela ocupa a presidência do colegiado, a anterior em 2016. Também já foi 1º vice-presidente da comissão em 2017.

Perfil
Pedro Vilela exerce seu segundo mandato consecutivo como deputado federal. Nascido em Maceió (AL) em 1985, é advogado. É filiado ao PSDB desde 2005. Foi secretário municipal de Esporte na Prefeitura de Maceió (2013).

Na Câmara, é vice-líder do PSDB e foi também 1º vice-presidente da Comissão de Minas e Energia (2015). Integra as frentes parlamentares Mista do Empreendedorismo; em Defesa das Energias Renováveis; pelo Livre Mercado; e Mista da Economia e Cidadania Digital.

Atribuições da comissão
A Comissão de Relações Exteriores debate e vota os seguintes temas:
– relações diplomáticas e consulares, econômicas e comerciais, culturais e científicas com outros países;
– relações com entidades internacionais multilaterais e regionais;
–  política externa brasileira;
– serviço exterior brasileiro;
– tratados, atos, acordos e convênios internacionais;
– direito internacional público e privado, ordem jurídica internacional, nacionalidade, cidadania e naturalização, regime jurídico dos estrangeiros, emigração e imigração;
– autorização para o presidente ou o vice-presidente da República ausentar-se do território nacional;
– política de defesa nacional, estudos estratégicos e atividades de informação e contra-informação;
– Forças Armadas e Auxiliares;
– assuntos atinentes à faixa de fronteira;
– litígios internacionais, declaração de guerra, condições de armistício ou de paz, requisições civis e militares em caso de iminente perigo e em tempo de guerra.

Ele1 - Criar site de notícias