Anúncio
ELEIÇÕES 2020

Reedição de disputa e novos nomes na eleição em Teixeira de Freitas

Faltando menos um ano para as eleições municipais de 2020, as articulações visando a prefeitura de Teixeira de Freitas apontam para um panorama diverso das últimas disputas

Bastidores da Política

Bastidores da PolíticaTudo sobre política.

09/11/2019 10h58Atualizado há 3 meses
Por: Redação
Fonte: EXTREMUS21

A antecipação faz parte da dinâmica da política, na qual os políticos, como peças de xadrez, se movimentam a depender de suas táticas de jogo. Há quem negue essa pressa

Muitos dos agentes políticos já têm desenhado os cenários eleitorais do próximo ano, quando serão escolhidos o prefeito, vice e vereadores de Teixeira de Freitas. Há quem goste desse treino eleitoral tão antecipadamente e quem só se apresente mesmo ao soar do apito do juiz. Ambos compõem a diversidade de táticas do jogo da política.

CAIO CHECON

Caio Checon (Solidariedade) foi o primeiro à lançar a sua pré-candidatura em um evento que também reuniu seu provável time de candidatos ao legislativo municipal. Alguns julgaram a antecipação como um risco, podendo dificultar uma nova composição, outros dizem que não se pode perder o tempo do jogo, já que a disputa se mostra bem competitiva. 

Recentemente foi anunciada a união entre Caio e Marta Helena (PSDB) sem a definição, segundo eles, do nome que irá encabeçar a chapa. Suas lideranças politicas prometeram tratar essa escolha com base em números de pesquisas. O que pode favorecer essa união é o eleitorado distinto e os números das ultimas eleições, caso venham a ser repetidos. Participaram desse acordo político os deputado federais Adolfo Viana (PSDB) e Cláudio Cajado (PP), além do presidente estadual do Solidariedade, Luciano Araújo.

TEMÓTEO BRITO

Outro nome que também já demarcou território é o do atual prefeito de Teixeira de Freitas. Após algumas divergencias no PSD, o atual prefeito conseguiu abrigo no Partido Progressista. O prefeito realizou um evento na cidade com a presença de grandes líderes do partido, como o Vice-governador da Bahia, João Leão, do deputado federal, Ronaldo Carletto, além de outras autoridade.

Alguns polÍticos analisam a situação como favorável ao atual gestor, caso a oposição fique fragmentada, dando espaços para varias candidaturas. Segundo alguns analistas, se a oposição se unir, torna difÍcil a caminhada de Temóteo Brito.

DR. MARCELO

Talvez o nome que mais surpreendeu com a noticia de pré-candidatura. Dr. Marcelo Belitardo é de família tradicional e que por muito tempo preferiu não adentrar em campos políticos. Em 2016 a família viu assumir uma cadeira no legislativo o Marcos Belitardo, que vem fazendo uma oposição dura à atual gestão. Logo após as eleições presidenciais o médico Marcelo Belitardo iniciou uma caminhada deixando claro o seu interesse em participar do processo, conseguindo essa viabilidade através do Democratas.

A sua pré-campanha vem seguindo carreira solo até aqui, o que para alguns pode modificar as estratégias dos adversários, que almejam uma aliança com o democrata. Nomes como o de Eujácio Dantas e Jonathan Molar podem ser a peça do quebra-cabeça.

EUJÁCIO DANTAS

Ex-secretário de saúde do governo Bosco (PT), Eujácio Dantas despertou um forte interesse em administrar Teixeira de Freitas. Para isso começar a se tornar viável, iniciou-se uma busca por aglutinação de apoios, tanto locais, quanto a nível de Estado. Eujácio ainda não sabe qual será a sua morada partidária para 2020. Existe interesse no PT para que ela permaneça, mas também existe diálogos com os caciques do PSD, como Otto Alencar, para que ele dispute a prefeitura de Teixeira de Freitas pela sigla.

JOÃO BOSCO

Assim como acontece no Solidariedade, em que o presidente municipal, Caio Checon lançou a sua pré-candidatura e recentemente o vereador Jonathan Molar também da sigla anunciou ser postulante, oficializando em evento aberto, o PT aparece com dois nomes para essa disputa interna; João Bosco e Eujácio Dantas.

João lançou recentemente videos e informações que dão conta de que ele está vivo nessa disputa e deseja comandar por mais quatro anos a prefeitura do município. João evita falar da situação em público já que Eujácio sempre foi um homem de confiança em seu governo e por tanto, prefere manter a disputa dentro dos números e da viabilidade.

JONATHAN MOLAR

O atual vereador já vem construindo a sua caminhada no decorrer do seu mandato, fazendo uma oposição dura e mantendo-se proxímo à sua base eleitoral. Ainda não se sabe qual será o destino de Molar (Solidariedade), já que próximo à ele duas siglas mantêm uma boa aproximação, que são o Partido Verde e o PSB.

Molar iniciou a sua caminhada entre 2015 e 2016 quando encontrou no partido liderado por Caio a sua porta para as eleições. Imaginava-se ali, a construção de um forte grupo para 2020, o que acabou não acontecendo por conta de divergências internas. Nos últimos dias Caio e Molar já dialogaram sobre as eleições, sem nenhum acordo até aqui, fechado.

Fato é que tem sido um nome bastante estudado pelos seus adversários políticos e até aliados momentâneos, por sua facilidade de construir espaços.

ANDERSON PINTO

Filho do ex-prefeito e deputado Francistônio Pinto, Anderson pode ser o mais novo postulante da cadeira do executivo. Em participações em seu grupo de rádios, o seu tio Uldurico Pinto vem falando sobre essa possibilidade. Anderson já esteve secretário de esportes do governo atual, agora pode estar do outro lado em busca da eleição. Anderson tem um bom dialogo com Eujácio Dantas, que inclusive o convidou para seu ultimo evento.

Uldurico sabe que politica é sempre um jogo que possibilita poucos erros, e por tanto, dificilmente Anderson sairia sem que antes conseguisse desenvolver um forte grupo, reduzindo as candidaturas e polarizando a disputa. 

PP E OS DISSIDENTES 

Dois nomes conhecidos na região e, da mesma sigla partidária do prefeito Temóteo, caminharão com outras candidaturas na cidade. São eles, o deputado estadual Robinho e o federal, Claudio Cajado, que já se manifestou caminhar com Caio Checon. Robinho ainda não se definiu, mas vem analisando as candidaturas e dialogando com a oposição.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.